Os Bastidores das Princesas

Jasmine_buço

Existe uma tendência atual com a tentativa de subverter as princesas “perfeitas” da Disney. Na rede, há ensaios fotográficos e desenhos brincando com a orientação sexual, o guarda-roupa e o papel social das moças, como já vimos aqui e aqui. Mas Siman Tov não quis mudar as princesas, apenas mostra-las em momentos mais íntimos.

A ilustradora israelense Rayut Siman Tov quis mostrar numa série de desenhos denominada “As provações da princesas da Disney” o que acontece nos bastidores das histórias que influenciam até hoje o imaginário de meninas pelo mundo. Afinal, para estarem sempre lindas, até mesmo princesas precisariam passar pela chateações das mulheres comuns. Estamos falando de coisas muito pouco glamourosas — como depilações, alisamentos de cabelo e visitas ao calista.

A-Bela-Adormecida bob

Ariel_espinha

Cinderela_pé

Decidi olhar para a vida das princesas que a Disney não se interessa em mostrar. Todas nós sabemos o que acontece por trás das cortinas, toda a dor e as pequenas coisas repugnantes que as mulheres têm que passar para não serem ridicularizadas socialmente – conta Rayut, que além de ter diploma de ilustradora, também tem mestrado em Diplomacia. – A Disney até mostra as princesas se maquiando, trocando roupas feias por vestidos de baile, mas nunca as vemos tirando ou estourando espinhas. Fica a impressão que o público infantil não saberia como lidar com a realidade.

Entre as ilustrações de Rayut, Ariel, a Pequena Sereia, aparece justamente com uma enorme espinha na testa. E Jasmine, da história de Aladin, chora ao arrancar pelos do bigode com linha (método comum no Oriente Médio). Tiana, a primeira princesa negra da Disney, do filme “A Princesa e o Sapo” (2009), se esforça para alisar o cabelo.

A-Bela-a-Fera anorexia

Mas a ilustradora também toca em assuntos mais complexos na série de desenhos, como a síndrome de distorção da imagem (quando uma pessoa vê defeitos inexistentes no espelho) e transtornos alimentares. Bela, de “A Bela e a Fera”, por exemplo, vê um reflexo distorcido de si mesma no espelho, como se pesasse 20 quilos a mais. E Branca de Neve se prepara para devorar um hambúrguer supercalórico quando três passarinhos sugerem que se contente com uma singela maçã.

Branca-de-Neve hamburguer

Acho que os filmes da Disney são muito simpáticos e não é preciso evitar que as meninas os vejam. Mas é preciso explicar a elas que ninguém acorda de manhã perfeita e mostrar outros tipos de modelos femininos. O problema é que há poucas alternativas. Uma menina gordinha não tem com quem se identificar com uma princesa de 40kg e acaba pensando que nunca poderá ser feliz como ela.

Tiana_chapinha

Rapunzel_delipacao

(Vimos no Ela)

Anúncios
Marcado com: , , , , , , , , , ,
Publicado em Ilustrações
Um comentário em “Os Bastidores das Princesas
  1. […] surgir ilustrações que remetem a um possível final para as princesas, ou outro final cantado, ou os bastidores da realeza, enfim.. mas uma questão que sempre volta à mídia é a perfeição da aparência das jovens, com […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: