Oscar 2014 | Conheça os diretores

Faltando algumas semanas para a entrega de uma das maiores premiações do cinema, que tal conhecer um pouco mais sobre os diretores indicados ao Oscar 2014?

David O. Russell

Vamos começar por David O. Russell, diretor de “Trapaça” que concorre com não menos que 10 indicações a estatueta dourada. Em 4 anos, Russell conseguiu emplacar 3 indicações ao Oscar como melhor diretor, coisa que só gigantes conseguiram, sendo um deles Clint Eastwood. O primeiro filme foi “O Vencedor” (2010), seguido de “O Lado Bom da Vida” (2012), e agora com “Trapaça” (2013); além de melhor direção, todos indicados para o Oscar de Melhor Filme. Além disso, o diretor tornou-se o único a ter conseguido 11 indicações para atores em três filmes consecutivos. Essa trinca premiada constitui o que Russell gosta de chamar de trilogia da reinvenção: todos tratam sobre pessoas da classe trabalhadora que tentam se reinventar na vida. Em uma dessas coincidências entre a arte e vida, esses três filmes o ajudaram a consolidar a sua reinvenção. O hoje queridinho da Academia, anteriormente conhecido por colecionar desafetos (inclusive com George Clooney) e por seu gênio difícil. Foi Mark Wahlberg quem ajudou Russell a se reinventar. Foi Walberg quem chamou Russel para dirigir “O Vencedor”, e tirou Russell do lado negro da força, onde ficou por seis anos. Será que esse ano ele leva o seu 1º Oscar?

Alfonso Cueron

O segundo diretor, também emplacando 10 indicações ao Oscar, é Alfonso Cuarón, com “Gravidade“.  Ele chega como um dos favoritos por ter vencido o prêmio do Sindicato dos Diretores de Hollywood. Os vencedores desse prêmio ganharam nos últimos 10 anos, com exceção do ano passado, na mesma categoria do Oscar. Além do prêmio do Sindicato dos Diretores, Cuarón levou o Globo de Ouro de Melhor Direção. Cuarón não é bem um novato no Oscar, embora seja sua primeira indicação como melhor diretor, ele já foi indicado ao prêmio de melhor roteiro original em 2002 pelo filme “E Sua Mãe Também”, e a montagem e roteiro adaptado de “Filhos da Esperança” (2006), todos dirigidos por ele.  Além dos filmes citados, ele tem em seu currículo “Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban” (2004) e “A Princesinha” (1995), entre outros. Com um filme consagrado pela crítica e pelo público, com dois queridinhos do público mundial – Sandra Bullock e George Clooney – além de ganhar os principais prêmios desse ano, Alfonso Cuarón chega como um dos favoritos na corrida pela estatueta desse ano.

Alexander Payne

Com 6 indicações ao Oscar por “Nebraska” vem o diretor Alexander Payne que, segundo ele, não esperava receber tantas indicações à estatueta. Payne é um velho conhecido da Academia de Hollywood. Já possui dois Oscars de Melhor Roteiro Adaptado por “Sideways: Entre Umas e Outras” (2004) e “Os Descendentes” (2011), onde também foi indicado, nas duas produções, ao Oscar de Direção. Seu currículo é de filmes consagrados e muito elogiados pela crítica como “Eleição” (1999), “As Confissões de Schmidt” (2002) e “Paris, Eu Te Amo” (2006). Segundo alguns críticos, “Nebraska” resultou no melhor trabalho de Payne; uma combinação de elementos de dois de seus filmes anteriores: faz um “road movie” como “Sideways” e retrata a reaproximação de uma família como em “Os Descendentes”. Trabalhando com um roteirista estreante – Bob Nelson – e com um roteiro que não é adaptado, Alexander Payne se interessou pelo que se tornou uma experiência quase universal na sociedade atual: envelhecer. E esse tema universal pode vir a ser um diferencial na escolha final pelo vencedor da estatueta.

Steve McQueen

Pela 3ª vez um cineasta negro concorre ao Oscar de Melhor Direção com Steve McQueen por “12 Anos de Escravidão“. Um filme que vem causando emoções conflitantes – do ódio ao aplauso – “12 Anos de Escravidão” vem sendo apontado como o melhor filme já feito sobre a escravidão americana. O diretor frisa, ainda, que essa não é uma história americana apenas, mas sim uma história mundial, que acontece ainda nos dias atuais. Com cenas de violência que incomodam – daí o ódio de alguns –  McQueen diz: “Se você faz um filme sobre escravidão, você tem que mostrar a tortura sofrida por anos pelos negros. Eu estou hoje aqui como um indivíduo porque membros da minha família passaram pela escravidão.” Embora candidato pela 1ª vez ao Oscar de Direção, McQueen não precisou de uma longa filmografia pra mostrar o seu talento. Considerado um talento promissor, ele já demonstrou a que vinha com “Hunger” (2008) e “Shame” (2012) – dobradinha com Michael Fassbender que concorre ainda como melhor ator coadjuvante em “12 Anos de Escravidão”.

Director Martin Scorsese arrives at The Royal Premiere of his film Hugo at the Odeon Leicester Square cinema in London

E por último o, talvez, mais famoso de todos Martin Scorsese, que não dispensa comentários. Filmando a máfia, a loucura, o medo, o amor e a música, o então assistente de direção na década de 60, aos 71 anos e com mais de 25 filmes, Scorsese é um dos maiores cineastas de todos os tempos. Em suas obras primas estão: “Táxi Driver” (1976), “Touro Indomável” (1980), “A Última Tentação de Cristo” (1988), “Os Bons Companheiros” (1990) – considerado pela crítica um dos seus melhores filmes – “Gangues de Nova Iorque” (2002), “O Aviador” (2004), “Os Infiltrados” (2006) – seu único Oscar como diretor – “A Ilha do Medo” (2010), “A Invenção de Hugo Cabret” (2011); entre muitos outros que fica até difícil listar. “O Lobo de Wall Street” vem como sua maior bilheteria ultrapassando a marca de U$300 milhões de dólares, mesmo tendo mais de 3 horas de duração. Repetindo a parceria com Leonardo DiCaprio – também indicado e possível ganhador de melhor ator, será? – “O Lobo de Wall Street”, mesmo contado com apenas 5 indicações, vem reafirmar a genialidade de Scorsese, que sempre será uma referência de refinamento e eficiência do cinema.

Assinatura_Kellen_Favoretto

Anúncios
Marcado com: , , , , , , , , ,
Publicado em Oscar 2014, Post da Equipe

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: